Sistema Farsul e Fundação Pró-Sementes apresentam resultados do ECR da soja 2018/2019

OS RESULTADOS DO ENSAIO DE CULTIVARES EM REDE (ECR) DE SOJA SAFRA 2018/2019, ELABORADO PELA FUNDAÇÃO PRÓ-SEMENTES EM PARCERIA COM SISTEMA FARSUL E PATROCÍNIO DO SENAR-RS, FORAM DIVULGADOS NESTA TERÇA-FEIRA (16/07), NA SEDE DA FEDERAÇÃO. O LEVANTAMENTO TEM POR OBJETIVO TESTAR O DESEMPENHO DAS PRINCIPAIS CULTIVARES DE SOJA USADAS NO RIO GRANDE DO SUL EM DIFERENTES LOCALIDADES PARA VERIFICAR AS VARIEDADES QUE APRESENTAM MELHOR PRODUTIVIDADE EM CADA REGIÃO.


A APRESENTAÇÃO MARCOU OS DEZ ANOS ININTERRUPTOS DA REALIZAÇÃO DA PESQUISA EM PARCERIA COM A FUNDAÇÃO PRÓ-SEMENTES. “ESSE ESTUDO, QUE EXIGE UM FORTE INVESTIMENTO, TEM APOIADO OS PRODUTORES A ESCOLHER AS SEMENTES QUE SERÃO USADAS E A CONHECER CARATERÍSTICAS DE NOVAS CULTIVARES LANÇADAS TODO O ANO. NOSSO PROJETO É AMPLIAR O PROCESSO PARA DESCOBRIR AS MELHORES JANELAS DE PLANTIO PARA AS REGIÕES”, AFIRMOU O PRESIDENTE DO SISTEMA FARSUL, GEDEÃO PEREIRA.


A APRESENTAÇÃO CONTOU COM A PRESENÇA DO SECRETÁRIO DA AGRICULTURA, COVATTI FILHO, QUE DESTACOU A IMPORTÂNCIA DA INICIATIVA PARA TORNAR A LAVOURA GAÚCHA AINDA MAIS COMPETITIVA. A SOJA É A PRINCIPAL CULTURA EM RENTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL. O ESTADO PRODUZ, ANUALMENTE, MAIS DE 19 MILHÕES DE TONELADAS DA OLEAGINOSA.


O RESULTADO FOI APRESENTADO NUM PERÍODO EM QUE OS PRODUTORES ESTÃO COMEÇANDO A COMPRAR OS SEUS INSUMOS PARA A LAVOURA E TOMANDO A DECISÃO DE QUAIS SEMENTES IRÁ PLANTAR. O LEVANTAMENTO TESTOU NA ÚLTIMA SAFRA 38 CULTIVARES DE SOJA, 11 COM TECNOLOGIA RR E 27 COM INTACTA, DE OITO OBTENTORAS, MAIS PRECOCES E MAIS TARDIAS. OS OITO LOCAIS ESCOLHIDOS PELA UNIDADE DE PESQUISA DA FUNDAÇÃO PRÓ-SEMENTES CONTEMPLAM TODAS AS ÁREAS DE PRODUÇÃO DE SOJA NO ESTADO.


FORAM SELECIONADOS OS MUNICÍPIOS DE CACHOEIRA DO SUL (VÁRZEA A COXILHA), PASSO FUNDO, SANTO AUGUSTO, SÃO LUIZ GONZAGA, BAGÉ, SÃO GABRIEL, TUPANCIRETÃ E VACARIA. AS CONDIÇÕES CLIMÁTICAS FORAM FAVORÁVEIS NA MAIORIA DAS REGIÕES, COM EXCEÇÃO DE BAGÉ, QUE ENFRENTOU SECA NOS MESES DE JANEIRO E FEVEREIRO, E CACHOEIRA DO SUL (VÁRZEA), QUE FOI PERDIDO POR EXCESSO DE UMIDADE.


A COORDENADORA DA UNIDADE DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO DA PRÓ-SEMENTES, KASSIANA KEHL, RESUMIU O RESULTADO DE TODAS AS REGIÕES E APONTOU DIFERENÇA DE PRODUTIVIDADE DE ATÉ 24 SACOS POR HECTARE DEPENDENDO DA CULTIVAR E REGIÃO, O QUE SIGNIFICA, NA PRÁTICA, UM GANHO DE R$ 1704,00. ESSA DIFERENÇA É MUITO SIGNIFICANTE”, AFIRMOU. OS EXPERIMENTOS SÃO IMPLANTADOS E CONDUZIDOS DE MANEIRA UNIFORME EM TODOS OS LOCAIS, OFERECENDO AO PRODUTOR RURAL E À ASSISTÊNCIA TÉCNICA INFORMAÇÕES IDÔNEAS DAS PRINCIPAIS CULTIVARES INDICADAS PARA CADA REGIÃO.


AS CULTIVARES FORAM AGRUPADAS EM DOIS GRUPOS, DE ACORDO COM SEUS CICLOS DE MATURAÇÃO. O GRUPO 1 CONGREGOU OS MATERIAIS PRECOCES, E O SEGUNDO GRUPO AVALIOU OS DE CICLO MÉDIO A TARDIO.


O LEVANTAMENTO TAMBÉM CONCLUIU QUE AS VARIEDADES PRECOCES SÃO AS MAIS PRODUTIVAS, ESPECIALMENTE NUM CLIMA NORMAL. O VICE-PRESIDENTE DA FARSUL, ELMAR KONRAD, PONDEROU A IMPORTÂNCIA DE PLANTAR NÃO SÓ AS PRECOCES, MAS TAMBÉM DE CICLO MAIS TARDIO PARA SE PREVENIR EM CASO DE CLIMA DESFAVORÁVEL.


KONRAD DESTACOU QUE, ALÉM DO ESTUDO FACILITAR A ESCOLHA DAS MELHORES CULTIVARES PARA CADA LOCALIDADE, SEU HISTÓRICO TAMBÉM MOSTRA A EVOLUÇÃO DO DESEMPENHO DAS LAVOURAS GAÚCHAS, CUJAS MÉDIAS DE PRODUTIVIDADE MAIS BAIXAS E MAIS ALTAS ESTÃO MAIS PRÓXIMAS. A REDUÇÃO FOI POSSIBILITADA PELO USO DE NOVAS TECNOLOGIAS E MELHORA DO MANEJO. “O RIO GRANDE DO SUL COLHE CERCA 54 SACOS POR HECTARE DE SOJA, VOLUME SEMELHANTE AO DE OUTROS ESTADOS E PAÍSES DA AMÉRICA DO SUL”, AFIRMOU.


OS RESULTADOS COMPLETOS DO ESTUDO ESTÃO NA PUBLICAÇÃO “DESEMPENHO DE CULTIVARES DE SOJA INDICADAS PARA O RIO GRANDE DO SUL – SAFRA 2018/2019”. O COORDENADOR DO SENAR-RS, UMBERTO MORAES DESTACOU QUE O ESTUDO ESTÁ À DISPOSIÇÃO DE TODOS OS PRODUTORES RURAIS DO ESTADO NO SITE WWW.FARSUL.ORG.BR E NA PÁGINA DA FUNDAÇÃO PRÓ-SEMENTES PARA O ECR: WWW.FUNDACAOPROSEMENTES.COM.BR. INTERESSADOS TAMBÉM PODERÃO ACESSAR O CONTEÚDO NA SEDE DA FARSUL E NOS SINDICATOS RURAIS DO INTERIOR.



logo_topo.png

Um site de @Stefano Santos, PortalNMT | Sindicato Rural de Não-Me-Toque 2020 | Todos os direitos reservados 

Clique aqui para falar com a gente!