top of page

Apsul América evidenciou o protagonismo da Agricultura de Precisão na sustentabilidade agrícola

Programação abordou a sustentabilidade agrícola e contou com mais de 800 participantes presenciais


Após um intervalo de 4 anos devido à pandemia de coronavírus, o Congresso Sul-Americano de Agricultura de Precisão e Máquinas Precisas (APSUL América), que acontece bianualmente, voltou a acontecer e contribuir para o enriquecimento do conhecimento no agronegócio.


Realizado nos dias 26 e 27 de setembro, no Parque da Expodireto Cotrijal, a 6ª edição teve como tema “O Protagonismo da Agricultura de Precisão rumo à Sustentabilidade Agrícola”, contando com nove painéis de debates, nove minicursos, exposição de trabalhos acadêmicos e exposição de máquinas, produtos e serviços agrícolas.


“A Agricultura de Precisão foi um dos principais avanços tecnológicos no agronegócio. O setor primário se torna cada vez mais digital e a precisão cada vez mais milimétrica, fatores fundamentais para avançarmos na sustentabilidade de nossa atividade como um todo”, destacou Teodora Lütkemeyer, presidente do 6° APSUL América e do Sindicato Rural de Não-Me-Toque.


Um dos destaques do APSUL América sempre foi a consolidação da troca de experiências sobre a agricultura de diferentes países. Entre painelistas e mediadores, 52 pessoas participaram neste ano, sendo dez internacionais. Pesquisadores da Argentina, Holanda e Estados Unidos compartilharam seu conhecimento com o público.


“Muitas situações vividas pelos produtores rurais brasileiros também ocorrem de forma semelhante com agricultores de outros países, como dilemas com conectividade, políticas públicas e legislação. São cases de experiências positivas que podem ser aproveitadas e contextualizadas em cada país. Esse caráter internacional do evento é muito oportuno e proporciona bastante conhecimento e novas visões”, completou Teodora.


Acompanhando o evento, André Driessem, Embaixador do Reino dos Países Baixos no Brasil, valorizou a tecnologia para o agronegócio e também o vínculo da imigração holandesa com Não-Me-Toque. “A Agricultura possui uma importância fundamental para a economia do Brasil e a Agricultura de Precisão assume um protagonismo cada vez maior nesse contexto. É um prazer participar deste evento e em Não-Me-Toque, que é um dos seis lugares do Brasil com presença marcante da imigração holandesa”, revelou.


Organizado pelo Sindicato Rural de Não-Me-Toque, Prefeitura de Não-Me-Toque, Sistema Farsul, Universidade Federal de Santa Maria e Cotrijal, o Congresso reuniu mais de 800 participantes presenciais, abrangendo cerca de 520 produtores rurais/profissionais da área e/ou empresários do agro e mais de 180 estudantes, além de 20 expositores, contando ainda com transmissão ao vivo e gratuita de forma online.


Elmar Konrad, vice-presidente do Sistema Farsul, valorizou o conhecimento que é gerado pelo Congresso. “A Agricultura de Precisão representa eficiência e sustentabilidade. Sustentabilidade econômica, social, ecológica e do ponto de vista da rentabilidade. Parabéns aos organizadores por esse evento de muito conhecimento”, frisou.


A programação também contou com momentos de homenagens à pessoas entusiastas do agro. Willibrordus Henricus Van Lieshout, ex-presidente do Sindicato Rural de Não-Me-Toque que presidiu as comissões organizadoras das primeiras edições do APSUL, teve seu trabalho reconhecido por todos; Maikol Carvalho, foi saudado em memória póstuma por seu incentivo e amor pela agricultura de precisão e contribuição na divulgação da 5ª edição; e a Presidente Teodora, recebeu homenagem surpresa e agradecimentos por sua dedicação incansável pelo agro e na realização desta e outras edições do Congresso, juntamente com os demais integrantes da comissão organizadora.


O APSUL América também disponibilizou espaço para que a Associação “De Olho no Material Escolar” divulgasse seu trabalho. A associação promove conteúdo científico atualizado e público sobre o agro em livros escolares.


O 7° APSUL América ainda não tem data definida oficialmente, mas deverá ocorrer no final de setembro de 2025. “Encerramos o evento com muita alegria e com a certeza de que o conhecimento produzido aqui contribui de forma decisiva para evoluirmos cada vez mais em eficiência e sustentabilidade no agronegócio. Somos muito gratos a todos que trabalharam para a realização deste evento”, finalizou Teodora.


Confira as fotos em: https://www.apsulamerica.com.br/fotos2023

 

Informações à Imprensa:

Sindicato Rural NMT

Redação: Ana Cláudia Stumm, com informações de RS2 Comunicação

Fotos: Foto Choks / Divulgação Apsul

Contato: 54 3332-1621

Site: sindiruralnmt@dgnet.com.br

Facebook/Instagram/Linkedin: @sindicatoruralnmt



コメント


Clique aqui para falar com a gente!
bottom of page