top of page

À frente da Comissão das Mulheres do Agro da Farsul, Teodora apresenta ações para lideranças femininas do setor

Lideranças femininas do agro se encontraram de modo online na última semana para discutir temas relativos ao desenvolvimento do setor e ao fortalecimento da atuação das comissões de mulheres.


A primeira reunião, realizada na terça-feira (09) pela Comissão Nacional das Mulheres do Agro da CNA, enfatizou sobre a economia internacional e tendências macroeconômicas, as perspectivas da política fiscal e os possíveis impactos da reforma tributária sobre o setor agropecuário brasileiro, que foram apresentadas pelo coordenador do Núcleo Econômico da CNA, Renato Conchon.


O trabalho das comissões estaduais das mulheres também foi destaque no encontro. As representantes das Federações de São Paulo, Rio Grande do Sul e Alagoas compartilharam suas experiências, com o objetivo de promover um intercâmbio de informações para fortalecer a atuação nos estados e fomentar sinergias entre as regiões. Na oportunidade, a presidente do Sindicato Rural de Não-Me-Toque, Teodora Lütkemeyer, que hoje está à frente da Comissão da Federação da Agricultura do RS - Farsul, como coordenadora, pode explanar as principais ações que estão sendo desenvolvidas pelo grupo.


A comissão da CNA também anunciou o Fórum da Liderança Sindical Feminina, previsto para o dia 26 de junho deste ano, que tem como principal propósito promover a interação entre as mulheres do sistema sindical, ampliando suas oportunidades de atuação em diferentes cenários, além de destacar a importância da representatividade de classe e evidenciar a competência das mulheres em temas técnicos relevantes.


“É muito importante que priorizemos a discussão de pautas técnicas entre as lideranças femininas, diante das diversas frentes de atuação do colegiado, proporcionando uma base sólida para o progresso e a realização dos objetivos”, disse a presidente da Comissão da CNA, Stéphanie Ferreira.


Paralelamente, a Comissão das Mulheres do Agro da Farsul realizou sua primeira reunião do ano na quarta-feira (10), liderada por Teodora. O encontro foi marcado pelo delineamento de estratégias para a atuação da comissão, com apresentação dos resultados do ano anterior, análise de dados, identificação de desafios e definição do calendário de atividades.


Além das discussões estratégicas, foi anunciado o início dos programas de capacitação para os membros do grupo, que visa aprimorar habilidades técnicas e de liderança, sendo a primeira sobre Desenvolvimento de Habilidades e Competências para Lideranças do Agronegócio, com três encontros online. Teodora destacou que existe a possibilidade de o curso ser oferecido para os Sindicatos Rurais, mediante demonstração de interesse.


"Essas reuniões são momentos cruciais para fortalecermos nossa rede de lideranças femininas no agro e alinharmos estratégias que impulsionem ainda mais o setor e a atuação das Comissões. Na Comissão da Farsul, estamos com um planejamento bem estruturado, objetivando abranger cada vez mais mulheres através dos Sindicatos Rurais do RS, e estamos comprometidas em oferecer ferramentas necessárias para capacitá-las e dar suporte para o exercício da liderança”, apontou Teodora.

 

Por Ana Cláudia Stumm, com informações da CNA

Sindicato Rural de Não-Me-Toque

Contatos: 54 3332-1621 / sindiruralnmt@dgnet.com.br

コメント


Clique aqui para falar com a gente!
bottom of page